Morro da Asa Delta

Primeiro Domingo do ano, dia de plantão e eu em casa aguardando informações sobre o horário em que sairíamos para trabalhar. A notícia boa veio pouco depois do horário do almoço: estávamos dispensados! A excelente notícia veio cerca de meia hora depois, ao receber a mensagem do Anderson: “Mi, vamos subir o Morro da Asa Delta, bora?” Opa, de repente parece que o ano não poderia ter começado melhor!! Há anos eu queria subir este morro, desde que o Erich esteve aqui e me falou sobre o desafio desta subida, mas ainda não tinha surgido uma boa oportunidade (ou eu não tinha companhia, ou  estava trabalhando, ou estava morta de cansaço).

O Morro da Asa Delta, que também é conhecido como Itararé ou Voturuá, fica bem na divisa entre Santos e São Vicente. É chamado assim por ser reduto dos praticantes de voo livre e a vista lá de cima é magnífica! Eu já tinha ido lá, de teleférico, com minha mãe e alguns amigos, mas nunca de bike.

asa01

Como ninguém daqui do Guarujá tinha confirmado de ir, saí sozinha e fui até a Praça das Bandeiras, em Santos, que era o nosso ponto de encontro. De lá seguimos até a divisa com São Vicente e seguimos pro Morro do José Menino, que dá acesso ao Morro da Asa Delta. Ali na primeira subida tivemos as primeiras baixas, dois membros do grupo desistiram de subir e avisaram que iam esperar voltarmos. Eu segui a minha filosofia para subidas (Devagar e sempre) e assim prosseguimos até o cume. Todo o suor valeu a pena pelo belíssimo visual que encontramos lá.

Galera do pedal e o intruso (com latinha de cerveja na mão)

Galera do pedal e o intruso (com latinha de cerveja na mão)

Bacana era a cara das pessoas nos olhando incrédulas que tínhamos subido de bike! hehehe Na foto acima, um guri que quis se juntar ao grupo pra tirar foto (quase que roubei essa cerveja da mão dele, que sede!!)

Falamos com os responsáveis pela área de pouso e pedimos permissão pra entrarmos com as bikes e tirar uma foto do grupo lá. Com cuidado e rapidamente, nos juntamos e registramos

1546007_10202275316078317_486827061_n

Tiramos alguns minutos para descansar, tirar mais fotos, rir e contemplar a natureza

1508635_651089998283070_1190581433_n

asa02

E como não podia faltar: arte!! Tinha que ter arte, ciclista que não faz arte, não se diverte!! Subimos ao acesso ao terraço do morro, acima do teleférico e inventamos um pouco

E o medinho de cair?

E o medinho de cair?

Wander e Anderson

Wander e Anderson

Anderson e Lucas (não entendi o conceito...)

Anderson e Lucas (não entendi o conceito…)

Na descida do morro tivemos um acidente. Em toda a extensão do morro vivem muitas famílias e é muito comum ter crianças correndo, empinando pipas, enfim, pela rua, que é estreita e íngreme. O Lucas acabou atropelando um menino mas felizmente nenhum deles se machucou, apenas alguns arranhões e aquela dor do impacto.

Última parada pra tirar foto:

asa06

Encontramos os dois que desistiram somente já na Ponta da Praia, aonde paramos pra tomar uma água de coco. Cheguei em casa com o coração agradecido e torcendo para que mais domingos como esse venham criar histórias!!

http://connect.garmin.com/activity/425467749

Comentários do Facebook

comentários

Deixe um comentário

Tags HTML disponíveis: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Error. Page cannot be displayed. Please contact your service provider for more details. (3)